Renda fixa

Segurança e rentabilidade para você.

Conheça opções de investimentos conservadores e mais rentáveis que a poupança.

Dê valor ao seu dinheiro!

É fácil, rápido e sem custo.

Por que investir em renda fixa?

Por que investir em renda fixa?

  • Segurança

    Segurança

    Além de investimentos de baixo risco, alguns possuem a proteção do FGC.

  • Previsibilidade

    Previsibilidade

    Conheça as condições de remuneração e prazo no momento da compra.

  • Baixo aporte inicial

    Baixo aporte inicial

    Comece com pouco! A partir de R$ 30,00, você já consegue investir em renda fixa.

Conheça os tipos de renda fixa:

Empreste dinheiro para o governo financiar a dívida pública. É o investimento mais seguro do mercado, sendo a porta de entrada para o mundo dos investimentos!

Invista em você!

Aprenda sobre todos os títulos de renda fixa e faça boas escolhas! Veja os conteúdos que separamos para você:

  • Genial Ensina

    Como funciona a renda fixa, afinal?

  • Genial Ensina

    Renda fixa ou poupança: em qual deles aplicar?

  • E-book

    Renda fixa - o guia definitivo

  • Blog

    Conheça os tipos de investimentos em renda fixa

Principais dúvidas sobre Renda Fixa

O que é o FGC? E quais investimentos são cobertos por ele?

O FGC, Fundo Garantidor de Crédito, é uma instituição privada, sem fins lucrativos, que protege o investidor até o teto de R$ 250 mil por instituição financeira, sendo a mesma garantia da poupança. Os investimentos cobertos pelo FGC são: CDB, LCI, LCA e LC.

A remuneração depende do tipo de título investido, podendo ser de três formas: Prefixada: você já sabe o rendimento no momento da compra, Pós-fixada: o rendimento está atrelado a um indexador, normalmente SELIC ou CDI, por isso, não é possível projetar o retorno. Híbrida: o rendimento está atrelado à inflação e a uma outra taxa conhecida no momento da compra.

É um programa do Tesouro Nacional, em parceria com a B3, que tem como objetivo democratizar a compra e a venda de títulos públicos federais por pessoas físicas pela internet. Enquanto a poupança é garantida pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o Tesouro Direto é garantido pelo governo, sendo considerado o investimento mais seguro do país.

IOF: é cobrado apenas se for feito o resgate antes do período de 30 dias da aplicação. Imposto de Renda: Títulos Públicos, CDBs, Debêntures. Letras de Câmbio e Letras Financeiras seguem o modelo de tributação regressiva. Os demais, LCI/LCA, CRI/CRA e Debêntures Incentivadas (Lei 12.431), são isentos. Taxa de custódia: cobrada para que os investidores registrem os investimentos na corretora. Aqui, na Genial, não cobramos essa taxa!

Nesse modelo de tributação, as alíquotas cobradas vão depender do tempo que o dinheiro ficar aplicado. Ou seja, quanto maior o tempo do investimento, menor será a alíquota a ser paga.

Dependendo do investimento, é possível resgatar antecipadamente o total ou uma parte do valor investido. Lembrando que pode ser cobrada uma taxa caso opte pelo resgate antecipado.