Renda Variável

Mercado Futuro

Negocie contratos futuros de quatro grandes segmentos de forma alavancada: juros, moedas, índices e commodities.

Use o tempo a seu favor na hora de investir.

Neste tipo de investimento, você negocia contratos futuros (também chamados de derivativos), que representam um compromisso de compra ou venda de um ativo, a um preço predeterminado e em uma data futura, também predeterminada. Este ativo pode ser uma Ação, uma moeda ou uma commodity, que poderá sofrer ajuste diário ou não.

Tipos de Contratos Futuros:

Commodities

Estes Contratos consideram as expectativas para os valores de produtos que passam por pouca industrialização, podem ser estocados e são comercializados em grande volume. Isso inclui produtos como soja, café, milho, boi gordo, entre outros.

Moedas

Quem investe nesta modalidade assume o compromisso de comprar ou vender um determinado volume de uma moeda estrangeira, como o dólar, a uma cotação previamente combinada. Este Contrato é usado como proteção ou forma de especulação sobre o preço de moedas em data futura.

Ações

Nestes contratos, negocia-se a expectativa sobre qual será o preço de uma determinada Ação no futuro, sem precisar comprá-la. Até a data de vencimento do contrato, a diferença entre a cotação e o valor do contrato indicará o ganho ou o prejuízo.

Índices

De forma semelhante aos Contratos de Moedas e Ações, aqui, você estima a pontuação de um índice, como o Ibovespa, em determinada data de vencimento, apostando na sua valorização ou desvalorização.

Taxas de juros

Estes Contratos estão ligados à negociação de Depósitos Interfinanceiros (DI), no qual o vendedor e o comprador fazem estimativas para a taxa de juros na data de vencimento.

Dê valor a seus sonhos.
Conte com a Genial e comece a investir.

Principais dúvidas sobre Mercado Futuro.
A partir de quanto posso investir no Mercado Futuro?
Para investir em um Minicontrato de Índice, é necessário ter uma margem de garantia mínima de R$ 100,00. Já para um Minicontrato de Dólar, de R$ 150,00. Porém, em dias de muita volatilidade, os valores podem ser ajustados.
Como saber quanto posso ganhar investindo no Mercado Futuro?
Assim como outras modalidades de investimentos da Bolsa de Valores, o Mercado Futuro é um investimento de Renda Variável, o que significa que não é possível prever a rentabilidade. Ela vai variar de acordo com o mercado, a sua estratégia e os tipos de contratos negociados.
Qual a importância dos Contratos Futuros para o mercado?
Os Contratos de Mercado Futuro são usados por empresas e investidores como uma forma de proteção contra as oscilações de preço, minimizando os riscos, ou como uma forma alavancada de maximização dos resultados.
Existem riscos ao operar no Mercado Futuro?
Embora possam ser utilizados para minimizar perdas, os Contratos Futuros demandam um conhecimento maior e um perfil mais agressivo de investidor. Um dos riscos é trabalhar alavancado sem possuir uma gestão de risco com aplicação de Stop.
Como se dá o vencimento de um Contrato Futuro?
Apesar de os contratos terem vencimentos predeterminados, eles possuem liquidação diária, o que é denominado ajuste. O ajuste é uma liquidação parcial do contrato, que ocorrerá até a data de vencimento. No final de cada sessão de negociação, a B3 calcula o valor de liquidação para cada cliente. Na abertura de uma posição comprada, caso o preço do ativo esteja maior do que você pagou por ele, você recebe um crédito. Caso contrário, você recebe um débito. Essas liquidações diárias irão levar em consideração o preço do dia anterior para o preço do dia atual. No dia do vencimento, o cliente terá o último ajuste em sua posição e o ativo será liquidado de maneira automática pela B3. Vale destacar que, para a manutenção da posição, é necessário o aporte de garantias, o que é denominado margem. Essa margem é calculada sobre um percentual da posição de cada mercadoria específica e pode ser consultada no Trader Cockpit.
O que é um Minicontrato?
Enquanto nos Contratos cheios você precisa investir em lotes de 5 Contratos, no Minicontrato é possível investir em um Contrato Futuro com um volume financeiro menor. Um exemplo é o contrato cheio de dólar que representa $ 50.000 e o contrato mini de dólar que representa $ 10.000. Isso torna esta modalidade mais acessível.
O que é o ajuste diário e o que ele tem a ver com o Mercado Futuro?
Todos os dias, a Bolsa de Valores calcula os resultados de compras e vendas. A diferença entre o valor negociado e a cotação alcançada é chamada de ajuste diário. Se o resultado das suas operações no dia for negativo, você deverá pagar esse valor. Por isso, é preciso cuidado para trabalhar alavancado. ​
O que são Contratos a Termo?
Seguem o mesmo princípio dos Contratos Futuros. A diferença é que não existe o ajuste diário das posições. Para tal, a corretora exigirá depósitos de garantia em dinheiro ou títulos de maior liquidez.
O que é Mercado de Aluguel?
Investidores podem colocar certos ativos de Renda Variável para alugar, obtendo, assim, uma renda extra em cima destes. Quem estiver disposto a apostar na baixa desses ativos toma o papel alugado e vende no mercado. No final do prazo pactuado, os ativos devem ser devolvidos.